Esquiva para Millenia

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Esquiva para Millenia


Olá Rpgistas!
A postagem de hoje é sobre como o narrador pode usar esquivas no sistema de Millenia, que não aparecem originalmente no livro, mas que são muito importantes numa ambientação de fantasia medieval (que pretendo usar em breve).



Esquiva
Antes de explicar como pode funcionar a esquiva em Millenia é importante esclarecer alguns pontos sobre como funciona o sistema de combate deste RPG. O combate em Millenia é realizado através de procedimentos, que são os tipos de ações que o Pj pode realizar. Quando um Pj decide trocar de procedimento ele precisa passar num teste da proficiência Frieza. Os procedimentos podem ser:

• Fogo: disparar uma arma de combate à distância
• Corpo-a-Corpo: usar uma arma branca ou artes marciais
• Movimento: deslocar-se por X metros dependendo do tipo de movimento
• Manobra: conduzir um veículo
• Comunicação: receber ou transmitir informações por meio eletrônico
• Médico: prestar assistência médica
• Conserto: realizar reparos em equipamentos ou veículos
• Miscelânea: procedimento genérico para outras ações não previstas nos outros procedimentos

De todos esses procedimentos o que nos importa para a regra de esquiva são apenas o procedimento de corpo-a-corpo e movimento.

Se você observar cuidadosamente a lista você vai perceber que diferente de outros RPGs em Millenia não é possível mover-se e agir na mesma rodada, ou seja, ou o Pj se move usando o procedimento de movimento ou o Pj executa outro procedimento.

Há uma exceção para essa regra, no caso do Pj realizar um movimento ele pode, se passar num teste de Frieza, iniciar um disparo com uma arma de combate à distância, ou seja, ele pode realizar um procedimento de fogo dentro de um procedimento de movimento (aplicados os devidos redutores, obviamente). Em contrapartida, durante um procedimento corpo-a-corpo não é possível iniciar um movimento sem que haja troca de procedimento, o que exige do Pj passar num teste de Frieza.

Agora vamos analisar o procedimento corpo-a-corpo, nele os envolvidos realizam seus testes de armas brancas ou artes marciais com os seguintes resultados possíveis:

• Todos os envolvidos têm sucesso em seus testes: nada acontece, os ataques são aparados;
• Todos os envolvidos falham em seus testes: nada acontece, os Pjs erram uns aos outros;
• Apenas alguns envolvidos têm sucesso em seus testes: os Pjs que tiveram sucesso causam dano nos Pjs que falharam.


Ok! Agora vamos analisar como seria feita uma “esquiva” em Millenia, quando um Pj está engajado em combate corpo-a-corpo ele pode:

1 – Continuar seus ataques correndo o risco de receber dano mas pode também causá-lo;

2 – Trocar de procedimento e se o teste for um sucesso seu adversário ainda tem pelo menos um ataque antes que o movimento seja efetuado e neste ataque o Pj não pode tentar se defender. Se o teste for um fracasso o Pj ainda está engajado em combate mas não pode, nessa rodada, realizar um teste de ataque (pois já fez e fracassou no teste de Frieza), ou seja, vai receber um ataque cujo resultado depende apenas do teste do seu adversário.


Percebe-se então que, dada as consequências que sair de um combate causa, a maioria dos jogadores considera como melhor opção não mover-se e continuar em combate corpo-a-corpo. A regra de esquiva foi desenvolvida justamente para “cobrir” esses prejuízos e funciona da seguinte forma:


Esquiva: esta proficiência só pode ser usada em um procedimento corpo-a-corpo, ela funciona basicamente da mesma forma que um teste de armas brancas ou artes marciais com a seguinte diferença: quando um Pj tem sucesso em seu teste de esquiva e seu adversário falha no teste de ataque, o Pj pode realizar um procedimento de movimento sem contar como troca de procedimento.”

Compreenderam a diferença? Usando a esquiva as possibilidades para o procedimento corpo-a-corpo são:

• Todos os envolvidos têm sucesso em seus testes: nada acontece, o Pj desvia do ataque
• Todos os envolvidos falham em seus testes: nada acontece, o Pj desvia ou o adversário erra o ataque
• Apenas alguns envolvidos têm sucesso em seus testes: o Pj que passou no teste de esquiva não recebe dano e pode realizar seu movimento.

As vantagens não são apenas as descritas acima, além de realizar o movimento o Pj não precisa fazer o teste de Frieza pela “troca de procedimento” e como ainda é considerado no procedimento “corpo-a-corpo” após a rodada em queo Pj se movimentou ele pode atacar um alvo sem precisar realizar um teste de Frieza (pois ainda está em procedimento corpo-a-corpo).

É isso, em breve posto o material sobre armaduras e escudos. Abraços!


Reações:

0 comentários :

Postar um comentário