segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Ataque ao laboratório AV-1701: Aventura para Marvel Hero Kids




Depois de uma série de mini-posts finalmente acabei minha aventura de Vingadores para Hero Kids!

Ok, talvez a frase só faça sentido para mim, então vamos a alguns esclarecimentos:


O que é Hero Kids?

Essa pergunta é respondida com a definição do próprio autor:


Hero Kids é um RPG de fantasia premiado pela ENnie para crianças de 4 a 10 anos de idade. Este jogo oferece uma introdução rápida e divertida aos RPGs, perfeito para crianças mais novas que estão apenas interessadas em RPGs. 

Conheci este RPG procurando um jogo infantil que realmente fosse voltado para crianças. O "realmente" da frase anterior está ali porque existem muitos RPG que afirmam ter foco em crianças quando na verdade, geralmente, são apenas resumos minimalistas de RPGs para adultos. Hero Kids foge disso.


Quando você começa a ler o livro você percebe que cada detalhe desenvolvido pelo autor, Justin Halliday,  foi feito levando em consideração a a forma de pensar e agir dos pequenos, e isso não significa apenas regra simples, e sim regras envolventes, conceitos de personagens e de mundo adequados às crianças, e um capítulo exclusivo sobre como narrar para os pequenos, abordando questões como violência, religião e moralidade.

Você pode baixar uma versão traduzida do Hero Kids aqui.

Você ainda pode encontrar fichas prontas com o pessoal da Turma da Mônica e uma aventura pronta aqui e aqui.


Vingadores para Hero Kids?


Quando comecei a narrar para crianças percebi que explicar alguns conceitos tornavam a adesão ao jogo um pouco mais difícil, imagine: você convida um grupo de crianças dizendo que vão participar de um jogo divertido e emocionante, então elas se reúnem cheias de expectativas e daí você começa a falar de elfos, anões, hobbits, dragões, orcs e magia e então as crianças ou ficam confusas ou entediadas com explicações ao invés do "jogo", que é o que elas desejam e sim, apesar da fantasia ser bem mais difundida ainda existem crianças que não conhecem esses termos apenas por nome.


Pensando nisso percebi que é muito mais aderente e fluido usar conceitos que elas já sabem, heróis de filmes e jogos famosos o suficiente para dispensar apresentações e facilitar a jogatina. Um exemplo bem claro dessa diferença é que, ao utilizar os heróis da marvel você terá uma facilidade imensa em explicar os poderes (Ataques, Ações especiais, Habilidade bônus) destes heróis do que em explicar os poderes de um clérigo ou mago, muitas vezes, apenas o nome do poder já é suficiente para as crianças deduzirem o que elas podem fazer.

Então, respeitando o conceito de ilustrações infantilizadas decidi usar as imagens dos jogos Marvel Super Hero Squad para desenvolver as fichas de personagens, além disso, os poderes são apresentados de forma direta e minimalista, algumas vezes, nem todos os poderes de um herói estarão representados na ficha (como o senso de perigo do Homem-Aranha) mas, garanto, isso não vai atrapalhar a diversão.

Você pode conferir a fichas prontas aqui.


E a aventura?

Ataque ao laboratório AV-1701 é uma aventura simples, com ênfase em combate para dar a oportunidade das crianças explorarem bem os poderes dos seus personagens. Ela foi desenvolvida seguindo os mesmos parâmetros da aventura oficial "O Covil dos Ratos", tendo apenas 2 encontros a mais.

Apesar da ênfase em combate as crianças terão que pensar um pouco para resolvê-los da melhor forma possível, a tática dos inimigos foi desenvolvida para consumir recursos dos personagens antes que eles possam aproximar-se o suficiente, recomenda-se um grupo de heróis ecléticos, preferencialmente, alguém com foco defensivo, alguém com poder de vôo ou similar e alguém que ataque à distância.

Além disso a aventura foi planejada de forma que o cenário possa ser usado, já no primeiro encontro barris de combustível podem ser explodidos para abrir caminho, em outros encontros paredes concedem proteção extra e móveis permitem vantagens ao atacar e ainda tem um encontro que é completamente sem inimigos, apenas um puzzle semelhante aqueles do jogo Goof Troop de Snes.

Os inimigos serão agentes da I.M.A infelizmente não encontrei imagens infantilizadas deles, então usei as melhores que encontrei, retiradas de um jogo da Marvel. O vilão será M.O.D.O.K, e esse sim usa uma imagem infantilizada. A escolha do vilão foi feita de forma que ele possa ser ameaçador mas não amedrontador, afinal, estamos falando de uma cabeça gigante sentada numa cadeira voadora.

Um assunto importante a tratar é a questão da violência, os agentes foram criados com ataques "menos violentos" como bastões de choque que atordoam, pistolas de raios que não furam a pele, bazucas que emitem rajadas sônicas, robôs que atacam com socos e pontapés. Talvez dois itens mereçam atenção especial, os chamuscadores tem um ataque de fogo, esses ataques precisam ser narrados de forma não violenta, nada de comentário sobre pele queimada, bolhas e gritos de agonia. O outro item seriam os dinotantes (mistura de dinossauro com mutantes), eles atacam com garras e mordidas, esses ataques devem ser descritos como arranhões e marcas avermelhadas na pele apenas, nada de órgãos perfurados e sangue jorrando. Além disso, quando os heróis derrotam, diga apenas que os inimigos caem desmaiados e, se algum jogador tentar atacá-los enquanto estão desacordados, interrompa e impeça que façam isso dizendo que não é algo digno de heróis e que esses vilões merecem é ser presos e pagar pelos seus crimes na cadeia (e sim, vai ter criança que vai contestar isso!).

Você pode baixar a aventura aqui , esse link contém a aventura pronta, as fichas dos personagens, dos vilões, os mapas e tokens para serem usados nos combates. Lembrando que essa versão ainda não foi testada (vou fazê-lo no final de semana) então e alguém baixar e jogar fico muito feliz que enviem o feedback de vocês!

Abraços e bom jogo!

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Minions e vilão para Hero Kids - Marvel Super Hero Squad




Postagem rápida!

Neste post você conferiu fichas de alguns personagens da Marvel para Hero Kids, um RPG totalmente voltado para crianças. Se quiser dar uma olhada nas regras traduzidas clique aqui.

Hoje teremos alguns agentes da I.M.A como minions e MODOK como vilão. Posteriormente postarei uma aventura pronta para usá-los junto com as fichas dos heróis.

Agora curte!!








quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Fichas prontas para Anjos - A Cidade de Prata




Postagem rápidas com fichas prontas para o RPG Anjos: A Cidade de Prata.

Considerações:

1 - Usei algumas regras da 4ed. de Daemon, essa não é uma versão oficial e sim uma tentativa de um dos membros da comunidade do sistema no facebook. As principais regras usadas foram os pontos de atributos pré-distribuídos e as perícias em pirâmide.

2 - São fichas prontas e não personagens prontos, ou seja, não possuem históricos definidos, use-os como quiser.

3 - Usei algumas alterações nas regras no que diz respeito à aprimoramentos e poderes, em cada um deles tem uma descrição então não devem surgir dúvidas sobre isso.

4 - Não sou profissional com photoshop, então, o layout pode não ficar tão bom.

5 - Podem haver erros, como os de digitação, não fiz revisão nas fichas.

Seguem as fichas:







quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Personagens da Marvel para Hero Kids



Postagem rápida pois meu tempo anda curto.

Segue fichas de alguns personagens da Marvel para Hero Kids. Usei as imagens do jogo Marvel Super Hero Squad. Algumas observações interessantes:

1 - Nem todos os poderes de todos os personagens puderam ser representados já que o sistema é para crianças.

2 - Não fiz revisão de equilíbrio, pretendo criar uma aventura (e colocar aqui no blog) para então medir como cada herói se sai e fazer uma possível revisão.

3 - Sou amador com photoshop então o layout nunca fica profissional.

4 - Fiz isso no domingo com pouco tempo.

Agora fiquem com as fichas e divirtam-se com suas crianças:













domingo, 27 de maio de 2018

One Shot - Daemon Cyberpunk




Nos últimos anos me dediquei a narrar por whatsapp e por fórum e tive a oportunidade de viver essas experiências maravilhosas. Nesta época eu tinha algumas horas livres distribuídas na semana e tinha pelo menos 6h do final de semana a disposição para jogar mas, devido a dificuldade de horários para reunir um grupo e jogar (mesmo online) acabei optando pelo whatsapp e fórum, pois eu poderia aproveitar essas horas livres durante a semana para ir postando as cenas e no final de semana eu organizava o material de jogo.

O tempo passou e perdi essas horas livres, ao invés de jogar postar 1 ou 2 vezes por dia eu estava postando apenas 1 vez por semana, desta forma, o andamento do jogo estava ficando lento, quase um mês para decidir uma única cena de combate, ou seja, já não era mais viável continuar usando os mesmos recursos.

Então decidi ao invés de usar o final de semana para fazer 1 post em  1 campanha de RPG por fórum ou whatsapp, usar esse tempo maior para jogar, primeiramente usando ferramentas de jogo online e, quem sabe, mais tarde narrar presencialmente.

Esse post tem como objetivo explicar como pretendo manter minha jogatina semanal.


1 - Quando tem jogo?
Os dias de jogo serão avisados com até 24 de antecedência em pelo menos 1 dos seguintes canais: aqui mesmo pelo blog, na página do facebook ou no grupo do whatsapp (você pode acessar ambos clicando nos respectivos botões ao lado).

2 - O que vai ser jogado?
Quem já me conhece sabe que eu dificilmente termino um aventura, é só ler alguma coisa, assistir a um filme ou até numa conversa e rapidinho minha mente encuca com um novo tipo de aventura e lá se vai uma campanha longa e cheia de expectativas para os jogadores, por isso a ideia de one shots, elas resolvem o meu problema e o dos jogadores, pode até ser que uma aventura se estenda para mais de uma sessão mas, também posso interrompê-la quando quiser sem sentir-me culpado por isso.

3 - Como será jogado?
Para as sessões os jogadores precisarão de alguns programas/aplicativos, me preocupei em garantir a possibilidade de uma pessoa jogar mesmo que ela não esteja na frente do computador, os programas são:

- RRPG Firecast:  é o programa principal (tem versão para android) usado para controle das fichas, rolagens de dados (apenas windows 8 ou maior) e mapas. Baixe o programa crie sua conta e aguarde o endereço da sala onde vai rolar o jogo.

- Discord: canal usado para transmissão de voz, funciona no navegador ou você pode baixar para o computador, também possui versão para celular. Baixe/acesse o programa e entre no canal principal do blog.

- Plugin da ficha de personagem: é uma versão da ficha de personagem para o RRPG Firecast, nem sempre teremos um plugin, mas, se for o caso, na postagem da aventura haverá o link para download, baixe e instale para visualizar as fichas.

- Canal do jogo: é um canal específico do discord que será usado para conversarmos, na postagem de cada aventura haverá um link para acessar o canal.

4 - Quando faremos os personagens?
Não haverá essa necessidade, na maioria das vezes, eu já vou trazer um grupo de personagens prontos para os jogadores escolherem, obviamente que, nas aventuras onde hajam personagens prontos, os jogadores deverão obrigatoriamente escolher um deles para jogar.


DAEMON CYBERPUNK

Essa é a primeira mesa que usarei de teste, na verdade eu já comecei essa campanha com dois jogadores e pretendo continuá-la de onde parei. Seguem as informações importantes:

- Resumo:  É o ano de 2027, o aprimoramento das capacidades humanas vem sendo conquistado vagarosamente por dois motivos, o primeiro são os contínuos fracassos das pesquisas em melhorar a condição humana e segundo a divisão de opinião da sociedade a respeito disso que impacta diretamente nas decisões dos governantes eu autorizar ou vetar esses tipos de pesquisas.

Esse cenário parece mudar recentemente quando as Indústrias Sariff anunciam ter tido sucesso no seu novo projeto de aprimoramento humano. Em dois dias Megan Reed, a chefe de ciências, e David Sariff, o presidente das Indústrias Sariff, vão se reunir com o congresso americano para apresentar suas descobertas e conseguir autorização para a produção em massa do projeto.

A fábrica onde o projeto estava sendo desenvolvida foi atacada por um grupo de extremistas chamado Pureza Primordial que é contrário a pesquisas de nanotecnologia que possam alterar a condição humana. Além de fazerem reféns eles estão com o protótipo do projeto. A segurança da fábrica conseguiu montar um cerco impedindo que eles fujam mas é incapaz de tomar o local sem colocar reféns e o próprio protótipo em risco.

Os personagens fazem parte de um grupo de mercenários contratados para invadir a fábrica e recuperar o protótipo antes que a polícia assuma a ocorrência. David Sariff sabe que a polícia dará prioridade aos reféns o que colocar em risco o segredo do seu projeto e por isso ele conta com os personagens para fazer o que a polícia não fará.

- Data do jogo: a combinar

- Sistema utilizado: Daemon (com pequenas modificações)

- Link da sala no RRPG: http://firecast.rrpg.com.br:90/a?a=pagRWEMesaInfo.actInfoMesa&mesaid=153491

- Link do canal no discord: https://discord.gg/D7RSwak

- Personagens jogadores: inicialmente Peter, Salomon e Nate já foram escolhidos por outros jogadores, caso eles participem da sessão eles tem prioridade para usar esses personagens, caso não, a escolha fica livre.