Expansão das regras de Combate Espacial para Millenia

sábado, 20 de janeiro de 2018

Expansão das regras de Combate Espacial para Millenia










A postagem de hoje apresenta regras opcionais para o combate espacial em Millenia, tornando-a mais próxima do que vemos em filmes e séries como Star Trek. Eu sou um nerd de merda e só fui assistir Star Trek quando lançaram a trilogia nova (e agora mais recentemente a série da Netflix), eu nunca havia prestado atenção direito no universo trekkie até que sem querer esbarrei com esse o primeiro filme da nova trilogia e comecei a assistir. 

Acabei me surpreendendo com a semelhança entre o que eu via no filme e a rotina de bordo de um navio de guerra da Marinha do Brasil que tive o (des)prazer de conhecer durante a minha vida de militar, e foi observando esses dois itens (a rotina de bordo e os filmes/séries) é que vi que o sistema de combate espacial de Millenia poderia ser melhorado.

Imagine a seguinte cena: os personagens são membros de uma nave da República, cada jogador criou seu personagem com foco numa das diferentes funções dentro de uma nave (calma, em breve vai ter um post explicando isso) e então eles são surpreendidos por uma nave inimiga. O narrador pausa a narrativa e inicia o combate, verificando a iniciativa de ambas as naves. A partir daí, independente da quantidade de jogadores o combate vai se resumir em:

• Realizar manobra a fim de encaudar o adversário;
• Realizar os testes de disparo para atingir a nave inimiga;
• Realizar os testes de integridade da nave quando ela for atingida.

Basicamente, realmente essas são as etapas vitais de um combate (naval ou espacial) mas, entre essas estas acontece muita coisa e muita coisa importante que poderia estar ocupando os demais personagens e ainda deixando claro a importância de um trabalho em equipe.

Antes de iniciar as explicações sobre como variar o combate espacial, vamos definir alguns termos que serão usados:

Das funções a bordo de uma nave da república:
• Oficial de Máquinas (OfMaq): responsável pela manutenção e operação do “maquinário pesado” de bordo.
• Oficial de Comunicação (OfCom): responsável pelos sensores e demais equipamentos de comunicação externa e interna da nave;
• Oficial de Operações (OfOpe): resp0nsável pela navegação, pilotagem e operação de armas de bordo;
• Oficial de Intendência (OfInt): responsável pela logística e administração da nave;
• Oficial de Segurança (OfSeg): responsável pela segurança interna da nave;
• Oficial Médico (OfMed): responsável pelos cuidados da saúde física da tripulação da nave;
• Oficial de Relações (OfRel): responsável por orientar o comandante nas relações diplomáticas da nave, também zela pela saúde mental e emocional da tripulação.

Das partes de uma nave da república:
• Áreas essenciais: qualquer parte que, se atingida, coloca em risco a vida da tripulação, por exemplo: Ponte de Comando, Geradores, Suporte de Vida.
• Áreas vitais: qualquer parte que, se atingida, compromete a capacidade da nave de se mover e/ou defender-se, por exemplo: Propulsores, Distorcedores, Armamentos, etc...
• Áreas periféricas: demais área que, se atingidas, ainda permitem as condições de navegação e combate da nave, por exemplo: Comunicadores, Sensores, Computadores, Cozinha, Alojamentos, Hangares, etc... 

Agora sim, finalmente....

AS ETAPAS DE UM COMBATE ESPACIAL


Iniciativa: a iniciativa é determinada comparando a proficiência de Estratégia do Comandante. Em caso de empate compare as seguintes proficiências e atributos nesta ordem: Liderança, Frieza, Reflexo e Intuição e se ainda houver empate, role 1D6.

Após obter sua iniciativa o Comandante deve delegar ordens aos seus oficiais a fim de que eles a executem, é importante deixar claro que o personagem que controla um dos oficiais não é obrigado a seguir as ordens, ele pode, deliberadamente realizar uma ação diferente da determinada pelo seu comandante lidando posteriormente com a questão de insubordinação.

Manobra: a manobra é realizada por um dos Oficiais de Operações usando um teste de Pilotagem. Aqui mantém-se as regras normais de Millenia, o principal objetivo do piloto é encaudar o seu adversário.

Disparo: o ataque é realizado por um dos Oficiais de Operações usando um teste de Canhões ou Mísseis, deve-se aplicar.

Defesa: também feito por um dos Oficiais de Operações, não há necessidade de testes.

Muito bem, até aqui sem muitas mudanças, exceto na iniciativa, apenas algumas parametrizações. As outras regras aplicam-se basicamente quando a nave dos personagens é atingida, é aí que entra em jogo o trabalho cooperativo.

Quando uma nave é atingida, dentro na narrativa, é necessário determinar o local e o quanto de dano foi causado, isso é feito pelo Oficial de Comunicação. Algumas ações que esse oficial pode tomar em combate:

• identificar o local e a gravidade do dano, seja pelos sensores ou através de algum tripulante que o avise por rádio

• passar/receber uma informação para toda a tripulação através da comunicação interna 

• passar/receber informação para uma outra nave

• enviar/traduzir o conteúdo de uma mensagem criptografada

Depois que o Oficial de Comunicações informa o local onde a nave foi atingida entre em cena o Oficial de Máquinas, ele é o responsável por fazer o controle de avarias, ou seja, ir até o local e tentar realizar os reparos a fim de permitir que a nave continue operando normalmente. Aqui há muita coisa a ser explorada pelo narrador, desde uma pane eletrônica, um rombo na fuselagem ou até mesmo um reator prestes a explodir. O Oficial de Máquinas com sua equipe pode:

• fazer reparos em aparelhos usando Eletrônica

• Reparar, ligar ou desligar um gerador usando Geradores

• Diagnosticar e consertar defeitos mecânicos com Mecânica

• Reparar problemas nos distorcedores

• Reparar problemas nos Propulsores

• Reparar problemas no controle de Gravítica

Quando uma nave é atingida é comum que ocorram ferimentos, é quando entra em cena o Oficial Médico que fica, inicialmente, na Enfermaria aguardando quem possa precisar dos seus serviços. Um Oficial médico pode:

• Fazer uma cirurgia de emergência em alguém muito ferido

• Aplicar primeiros socorros para estabilizar alguém

• Deslocar-se até um ferido que não tem condições de se levado até a enfermaria

Quando está sob ataque de uma outra nave, é comum que a atenção da tripulação esteja voltada para a nave inimiga, esse é um momento delicado que pode ser explorado para fazer uma invasão. O Oficial de Segurança patrulha a nave em busca de invasores e realiza o combate impedindo que sua nave seja tomada de dentro. Um Oficial de segurança pode:

• Proteger um Oficial ou personagem importante na nave

• Conter invasões

• Fazer o controle de possíveis prisioneiros.

Duas das funções de bordo são menos exploradas durante um combate, elas são o Oficial de Intendência e o Oficial de Relações, isso acontece devido o caráter de cada função. Ambos atuam auxiliando qualquer outro Oficial em suas funções. Algumas ações comuns:

• Oficial de Intendência: cuida de problemas relacionados a manutenção do suporte de vida, computadores, alimentos, água, munição e insumos de saúde.

• Oficial de Relações: cuida de qualquer problema que envolva contato não ofensivo e também no controle de evacuação da nave.

Então é isso, com essas novas ideias o narrador pode determinar funções para os demais jogadores e deixar um combate espacial bem mais emocionante. Na próxima postagem sobre Millenia, trarei mais explicações sobre a organização das Legiões da República.










Reações:

0 comentários :

Postar um comentário